quinta-feira, 21 de abril de 2011

Visite Buenos Aires nesta Páscoa!


DADOS E INFORMAÇÕES IMPORTANTES:

País que Pertence: Argentina
Data de Fundação: 3 de fevereiro de 1536
Gentílico: portenho
População: 3,05 milhões (2001)
Área (em km²): 203
Densidade Demográfica (habitantes por km²): 14.826
Índice de Alfabetização: 99,5 %
PIB: US$ 100 bilhões (2004)
Administração: cidade dividida em 48 bairros
Principais Atividades Econômicas: comércio, turismo, serviços, indústria e finanças.
Rios Principais: rio da Prata
Temperatura média anual: 18 °C
Clima: temperado oceânico
Índice Pluviométrico anual: 1.150 mm

PONTOS TURÍSTICOS E CULTURAIS

- Teatro Maipo
- Teatro Colón
- Teatro Nacional Cervantes
- Praça de Maio
- Casa Rosada
- Casa da Cultura
- Palácio Barolo
- Parque 3 de fevereiro
- Centro Cultural Recoleta
- Torre dos Ingleses
- Museu Nacional de Belas Artes
- Basilica Nossa Senhora de Pilar

Daqui:
www.suapesquisa.com


Caminito, Bairro da Boca


Não dá para visitar Buenos Aires e não conhecer esse bairro!


Casal dançando tango no Caminito


Casa Rosada


Cemitério da Recoleta


Torre dos Ingleses


Livraria Ateneu (antigo teatro)


Puerto Madeiro


Café Tortoni


Av. De Mayo, onde está o Café Tortoni, com seus prédios de arquitetura que lembra Paris

Dicas de turismo em Buenos Aires - Andar a pé

A cidade de Buenos Aires foi muitas vezes considerada a Paris da América do Sul. Tal título é justo, as construções e prédios nos fazem algumas vezes pensar que estamos em Paris. Desta forma, uma dica valiosa é simplesmente andar a pé e apreciar a arquitetura da cidade.

Dicas de turismo em Buenos Aires - Use os táxis

Para os mais idosos, com problemas de locomoção, ou que simplesmente não gostam de andar muito a pé, uma boa dica é não ter medo de utilizar os táxis em Buenos Aires. Eles são relativamente baratos e abundantes. Alguns taxistas são simpáticos o suficiente para das dicas e contar um pouco sobre Buenos Aires.

Dicas de turismo em Buenos Aires - Shows de tango

Muitos consideram que o turismo em Buenos Aires não está completo sem um show de tango. Porém, essa experiência pode se tornar uma grande furada.

No show do Señor Tango, por exemplo, o espectador corre o risco de sentar de costas para o palco. E se o transporte oferecido pela casa de show atrasar o turista terá seu jantar servido às pressas com o risco de faltar a entrada ou sobremesa. O show do Señor Tango em si também é muito longo e cansativo.

Outra possível furada nos shows de tango é a ineficiência do transporte para a casa de show. No La Ventana, por exemplo, tivemos uma experiência assustadora. O motorista do ônibus da casa de show nos deixou mais de uma hora trancados no veículo e saiu para pegar um grupo. Sim, isso mesmo: cárcere privado por mais de uma hora. Obviamente que quando fomos libertados do ônibus não quisemos mais ir ao show atrasados.

Existem duas dicas importantes para evitar essas furadas nos shows de tango. A primeira é não deixar o hotel ou companhia de turismo providenciar a reserva. Faça isso você mesmo. Assim, poderá escolher os melhores lugares e serviços de acordo com o preço que deseja pagar. Outra dica é primeiro pesquisar na Internet os comentários sobre os shows, os quais variam muito em estilo e qualidade dos serviços.

A princípio contratar uma empresa para realizar algum passeio turístico pode parecer mais prático e simples. Porém minha experiência é que nessas excursões o turista é tratado como gado. Perde-se a liberdade e o conforto para ficar na mão de guias de turismo mal preparados.

Dou como exemplo minha experiência ao entrar numa excursão para o Delta do Tigre. O guia nos colocou em um trem totalmente lotado, tipo Central do Brasil. Minha mãe de 80 anos foi em pé até a estação que nos mandaram descer. Tal estação não tinha nada de tão importante, apenas um shopping. Se não tivesse na excursão teríamos esperado outro trem mais vazio, porém a guia não quis nem saber e nos colocou em um vagão cheio.

Na estação, que ficava na metade do caminho para o Delta do Tigre, falei para a guia que queria me desligar da excursão. Sua reação inusitada foi dizer que era “impossível” sairmos de lá ou prosseguir o passeio sem um guia. Será que só eles podem comprar passagem de trem? Pois bem, foi só depois que saímos da excursão que o passeio ficou bom. Compramos nosso ticket na bilheteria e seguimos em um trem vazio apreciando a viagem, o que seria impossível naqueles grupos lotados de excursão. Ao chegar ao Delta do Tigre pudemos escolher as opções de passeios de barco que mais nos agradavam pelo tempo que desejássemos. E tudo isso por um preço muito mais barato do que pagaríamos na excursão. Ah sim, a “missão impossível” de passear sem um guia foi fácil e tranqüila. A dica é: se quer fazer bem feito, faça você mesmo.

Dicas de turismo em Buenos Aires - Aproveite os restaurantes

Uma das atrações turísticas em Buenos Aires são seus restaurantes. Claro que nem todos são bons, porém há ótimos restaurantes na cidade. Algumas dicas para carnes são o relativamente caro “Cabana Las Lilas” e o bem mais barato “Siga la Vaca”, ambos em Puerto Madeiro. Entretanto, a melhor carne em Buenos Aires está no pequeno bistrô “Dada”, na San Martin 947. Como alternativa para as carnes há bons restaurantes italianos com ótimas massas, como por exemplo o “Sottovoce Madero” em Puerto Madeiro. Uma ótima dica é aproveitar a culinária juntamente com a história. Para isso nada melhor que o “Café Tortoni” na Av. de Mayo 829.

Imagens e dicas de turismo daqui:
www.almacarioca.com.br



3 comentários:

✿ chica disse...

Um lugar maravilhoso.

Faz anos que não volto lá, mas tenho vontade de retornar.

Pra mim 5 dias é de bom tamanho. Nem mais ,nem menos por lá! beijos,chica e Feliz Páscoa!

isa disse...

Dos seus blogues de que mais gosto!
Todo um cuidadoso trabalho que encanta!
Beijo.
isa.

Perola disse...

Obrigado pelo convite.
Amei a viagem,lindo!!!
Uma feliz Páscoa minha flor.
Um beijo grannnnnde.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Clique e...

Conheça o agregador dos meus links:

Conheça o agregador dos meus links:
Clique na imagem acima.