sábado, 4 de agosto de 2012

Vamos a Londres?



"Londres é uma das cidades mais efervescentes do planeta. A capital britânica oferece de tudo para o turista, e cabe ao visitante se desdobrar em dois, três ou quatro para aproveitar o máximo possível da cidade antes de dar tchau aos ônibus de dois andares, ao Big Ben e aos Guardas da Rainha. Por isso, um mapa das atrações da cidade pode ser bastante útil. Vá se familiarizando com os monumentos, museus e passeios da Terra da Rainha:"

Mapas dos pontos turísticos de Londres:


Trecho acima e mapa daqui.

Pontos Turísticos em Londres West End

O West End de Londres faz parte do distrito de Westminster e ocupa em torno de 8 quilômetros, com vários restaurantes, boates, cinemas e teatros. Uma área super popular e famosa no coração de Londres com várias atrações turísticas. Aqui estão os lugares mais conhecidos no West End de Londres:

Big Ben: O Relógio Big Ben: Construído entre 1840 e 1860, Big Ben é o nome do sino que fica pendurado na torre do relógio do parlamento britânico à beira do rio Tâmisa. Sendo uma das marcas registradas mais proeminentes de Londres e um dos principais pontos turísticos da cidade com uma arquitetura barroca intensa em detalhes. O Big Ben fica localizado no centro de Londres em Westminster, sendo parte do Palácio de Westminster. Estação de Metrô: Westminster.

Palácio de Westminster: O Palácio de Westminster (House of Parlament) está localizado à beira do Rio Tâmisa no distrito de Westminster. Antigamente o palácio costumava ser a residência da Família Real Britânica, hoje em dia é a sede do Parlamento Britânico. Estação de Metrô: Westminster.

London Eye: É uma roda gigante imensa que fica bem perto do Palácio de Westminster, a beira do rio Tâmisa, próximo ao Big Ben, com uma vista fantástica de Londres. Um passeio ideal para ver a vista do Centro de Londres em um dia ensolarado. Estação de Metrô: Waterloo.

Admiralty Arch: Uma arcada magnificente localizada no final da alameda The Mall, que segue até ao palácio de Buckingham. Estação de Metrô: Charing Cross, Embankment.

Mosteiro de Westminster Abbey: Catedral gótica muito bonita do século 11, onde é feita a coroação real. Uma bela igreja de estilo gótico, também situada em Westminster. Cheia de história a respeito da família real britânica. Local preferido para casamentos reais, incluindo William e Kate. Várias pessoas famosas, incluindo cientistas, generais e doutores foram sepultados na igreja de Westminster. Estação de Metrô: Westminster.

Catedral de Westminster: Principal igreja católica da Inglaterra, se localiza no distrito de Westminster em Londres. Possui uma torre de 64 metros de altura com uma vista privilegiada de Londres. Estação de Metrô: Victoria.

Museu Imperial de Guerra: Contém coleção sobre as guerras ocorridas no século vinte e vinte um envolvendo a Grã-Betanha, incluindo a primeira e a segunda guerra mundial. Estação de Metrô: Waterloo Station

St James Park / St James Palace parque e palácio mais antigo de Londres, construído pelo rei Henry VIII, fica perto do palácio de Buckingham e Green park. Um parque real muito bonito, com um pequeno lago no centro, muito pitoresco. Estação de Metrô: St James Park.

Palácio de Buckingham: Residência oficial da monarquia britânica desde 1837 com 775 quartos, está aberto ao público de julho à setembro. Em exibição estão os tesouros reais, tal quais, pinturas de Rembrandt, esculturas de Canova, porcelanas de Sevres e um dos móveis mais finos do mundo. A Troca da Guarda é uma das atrações mais famosa de Londres – um ritual onde os soldados que protegem a rainha trocam de turno – começa diariamente às 11.30 da manhã de segunda à sábado e 10 da manhã aos domingos entre abril e julho (dias alternados entre agosto e março). Estação de Metrô: Victoria.

Green Park: Situado próximo ao palácio de Buckingham Palace, um local ideal para um piquenique e descanso durante seu passeio em Londres. Estação de Metrô: Green Park

Harrods: A maior loja de departamento da Europa. Situada em Knightsbridge um dos distritos mais sofisticados de Londres. Harrods é uma loja riquíssima com produtos de alta qualidade. Estação de Metrô:Knightsbridge.

Harvey Nichols: Loja de departamento de luxo no distrito de Knightsbridge, oferecendo produtos de marcas famosas e respeitadas. Estação de Metrô:Knightsbridge.

Museu de Natural History: Um dos maiores museus de Londres com exibições de esqueletos de dinossauros e também espécimes coletados por Darwin. Estação de Metrô: South Kensington

Hyde Park: O maior e mais famoso parque no centro de Londres. Cheio de atrações turísticas, incluindo passeio de barco e o memorial da Princesa Diana. Inclui também Kensington Gardens (Jardim de Kensington). Aberto ao público em 1635 pelo rei Charles I, o Hyde Park é uma área verde ampla no centro de Londres onde as pessoas descansam, andam, correm e tomam banho de sol no verão. Um parque ideal para relaxar e fazer piquenique. Estação de Metrô: Hyde Park

Piccadilly: Uma das esquinas mais famosas de Londres, com outdoors de neon e a estátua de Eros. A praça de Piccadilly Circus conecta a rua Regent street com a rua de Piccadilly, uma das ruas de Londres onde se encontram vários shoppings e o Ritz Hotel. É uma rua famosa pelas lojas de boutique, fica entre o Hyde Park e o Piccadilly Circus. É a principal rua de compras em Londres, incluindo Fortnum & Mason, the Burlington Arcade. Estação de Metrô: Piccadilly Circus.

Regent Street: Rua famosa pelas lojas de boutique em Londres. Estação de Metrô: Piccadilly Circus.

Hamleys Toy Shop: Uma das maiores lojas de brinquedo do mundo! A loja tem 7 andares e um total de 5.000 m2. Hamleys fica na rua Regent Street, no. 188-196, em Londres e recebe cerca de 5 milhões de visitante todos os anos, sendo uma das atrações turísticas mais conhecida de Londres. Estação de Metrô: Piccadilly Circus, Bond Street.

Bond Street: Rua fina e elegante de Londres conhecida como fashion street, com várias lojas refinadas e de luxo. Estação de Metrô: Bond Street.

Oxford Street: Uma rua central de Londres com vários tipos de lojas, sendo a maior rua para compras em Londres. Oxford Street é famosa pelas lojas de marcas mais conhecidas do mundo, ideal para fazer compras. Estação de Metrô: Oxford Circus.

Marble Arch: Construído em 1828, originalmente como entrada de Buckingham Palace. Fica perto de Hyde parque, no final oeste da rua Oxford Street.

Regent’s Park – Zoológico de Londres: Regent park tem várias atividades turísticas incluindo o zoológico de Londres, passeio de barco, atividades esportivas e também teatro ao ar livre. Estação de Metrô: Regent’s Park & Baker Street.

Museu de Sherlock Holmes: localizado em Baker Street o museu de Sherlock Holmes leva o visitante ao passado com amostra de artefatos antigos em uma casa da época de 1881. Estação de Metrô: Baker Street.

Madame Tussaud’s: Uma das principais atrações turísticas de Londres. Museu de cera com réplicas de esculturas das pessoas mais famosas do mundo. Estação de Metrô: Baker Street.

Camden Lock Market: É um mercado de rua tradicional de Londres, famoso pelos seus artesanatos locais. O mercado de Camden é uma atração turística famosa de Londres, com um estilo rústico e eclético. Estação de Metrô: Camden Town.

Abbey Road: Rua famosa de Londres aonde os Beatles atravessaram a faixa de pedestre perto do estúdio aonde o álbum Abbey Road foi produzido. Estação de Metrô: St John’s Wood.

Aquario de Londres: Um dos maiores aquários da Europa com uma arquitetura moderna e mais de 1.000 criaturas em exposição. Estação de Metrô: Westminster e Waterloo.

Portobello Road Market: Mercado famoso de Londres que vende antiguidades raras, frutas, verduras e roupas, entre outros. Situado na rua de Portobello Road que é também famosa entre artistas brasileiros incluindo Caetano Veloso e Paulo Coelho. Estação de Metrô: Notting Hill Gate.

Shepherd’s Market: Um mercado de rua de Londres situado na área atraente e luxuosa do distrito de Mayfair. Estação de Metrô: Green Park.

Museu Britânico: O museu britânico (British Museum) abre todos os dias da semana com admissão gratuita. O museu contém uma grande coleção sobre a história e cultura da humanidade. Estação de Metrô: Holborn.

Museu de Londres: Contem artefatos, fotos e objetos de arqueologia sobre a história de Londres e sua população. Estação de Metrô: Barbican.

Soho: Área bem badalada com vários restaurantes e boates abertas durante toda a noite. Uma área de diversão bastante notória e atraente no West End de Londres, ideal para uma noite fora agitada, com várias boates, restaurantes e bares. Estação de Metrô: Oxford Circus.

Trafalgar Square: Praça no centro de Londres com um dos espaços abertos mais vibrantes no coração de Londres onde fica a coluna de Nelson e a National Gallery, Galeria Nacional (contendo uma das pinturas mais famosas do mundo). Uma área cultural onde acontecem vários eventos artísticos. Estação de Metrô: Charing Cross.

Covent Garden: Praça atraente de Londres, com mercados de frutas e verduras, shopping, cafés e bares. Uma área pitoresca dominada por várias lojas é também um centro de diversões com artistas atuando na rua, sendo o portal de entrada para a Casa de Ópera Real (Royal Opera House). Estação de Metrô: Covent Garden.

Leicester Square: Praça badalada no West End de Londres. É uma área pedestrializada com um parque na parte central sendo rodeada por restaurantes, bares, cinemas e boates. Uma área bem visitada de Londres tanto de dia como à noite, onde as vezes acontece premieres de filmes com a participação dos artistas de Hollywood. Estação de Metrô: Leicester Square.

Pontos Turísticos no Centro de Londres – London City

A London City é uma região localizada dentro da grande Londres, historicamente é o núcleo de Londres de onde a grande metrópole de Londres se desenvolveu desde a idade média, tendo quase exatamente uma milha quadrada (2.6 km²) em área com um grande centro empresarial incluindo os famosos prédios Bala (the Gherkin) e o Lobo Canário (Canary Wolf).

Também no centro da cidade de Londres encontram-se os seguintes lugares:

Catedral de St Paul’s: Uma Catedral Anglicana na cidade de Londres construída no século 17 em uma das regiões mais antigas de Londres, the City, que foi criada na época romana como ponto de comércio na borda do rio Tâmisa. Um dos pontos turísticos mais reconhecidos de Londres, com uma arquitetura grandiosa e uma vista espetacular de Londres. Estação de Metrô: St Paul’s Station ou Mansion House.

Galeria Tate Modern: Galeria de Arte Moderna em Londres com exibições de arte contemporânea, incluindo exposições de vários artistas famosos. A galeria Tate contém coleções de arte britânica desde 1500 até os dias atuais e também tem uma coleção moderna impressionante de artistas internacionais desde 1900 até hoje. Estação de Metrô: Southwark ou London Bridge

O Teatro de Shakespeare, The Globe: Um teatro rústico baseado na época de Shakespeare à beira do rio Tâmisa, que foi reconstruído com as mesmas características da casa de espetáculo construída em 1599, onde Shakespeare trabalhava e aonde ele escreveu várias peças. As sessões de teatro estão abertas de abril a outubro com produções dos trabalhos de Shakespeare e outros escritores da sua época assim como escritores atuais. A platéia assiste as peças de uma galeria com bancadas ou em pé na arena central, exatamente como se fazia a 400 anos atrás. Estação de Metrô: London Bridge ou Southwark.

A Ponte do Milênio (Millenium Bridge): Uma ponte suspensa para pedestres, construída no ano 2.000 sobre o rio Tâmisa para marcar a passagem do milênio com 325 metros de comprimento feita de aço, conectando a Catedral St. Paul’s em London City com a Galeria Tate Modern e o teatro de Shakespeare em Bankside. O alinhamento da ponte produz uma vista frontal perfeita da Catedral através do rio enquadrada pelo suporte da ponte. Estação de Metrô: London Bridge, Southwark ou Mansion House .

A Torre de Londres: No começo do ano de 1080, William o conquistador começou a construir uma torre imensa de pedra no centro do seu forte em Londres, uma construção como nunca foi vista antes. A torre é uma complexa construção com vários cômodos entre quatro anéis concêntricos de defesa rodeado por água. A principal função da torre é de defesa, sendo também um palácio e prisão real onde a rainha Elisabeth I foi mantida em cativeiro durante a inquisição em 1554. A torre de Londres tem uma história macabra por ter sido usada como prisão e tortura de prisioneiros na Idade Média. Durante a segunda guerra mundial a torre foi usada mais uma vez para reter prisioneiros de guerra. Este castelo foi originalmente usado como residência da família real, mas desde 1100 foi usado como prisão para pessoas acusadas de infidels. Hoje em dia é uma das atrações turísticas mais populares de Londres. Estação de metrô: Tower Hill.

Tower Bridge: Construída em 1894 esta ponte tornou-se um ícone de Londres sendo considerada uma construção engenhosa com uma engenharia avançada para a época. Do alto da ponte à 42 metros de altura há uma vista surpreendente do rio Tâmisa. A Ponte da Torre em Londres é um monumento grandioso e bem famoso de Londres, com uma vista extraordinária da cidade. Estação de metrô: Tower Hill.

London Dungeon: Museu e centro de diversão envolvendo histórias macabras sobre a cidade de Londres. Incluindo cenas medievais da peste bubônica, equipamentos de tortura usado na era medieval, o incêndio de Londres em 1666 e cenas de aprisionamento. Estação de metrô: London Bridge.

Pontos Turísticos de Londres em Greenwich & Dockland

Greenwich: Localizado na marginal sul do rio Tâmisa, faz parte do sudeste de Londres, sendo famoso pelo meridiano de Greenwich que marca o grau de longitude 0°. As atrações turísticas incluem, o Observatório Astronômico Real, o observatório marítimo, o relógio 24 horas, o palácio real de Placentia, O2 Arena (cúpula do milênio), o colégio naval real e o centro de visitantes de Greenwich.

Existem passeios de barco disponíveis através do rio Tâmisa até Greenwich, passando também pelo Big Ben. Greenwich é uma área bonita com uma vista panorâmica da cidade de Londres, onde pode-se também fazer caminhadas ao lado do rio Tâmisa e também pelo parque de Greenwich aonde se encontra uma das casas da rainha com vista para o parque, o palácio real de Placentia (Queen House). Estação de metrô: Greenwich.

The Millennium Dome: Um ginásio em forma de cúpula originalmente construído para celebrar a passagem do milênio com várias exibições na península de Greenwich, atualmente utilizada como um centro de diversões.

Docklands é uma área que fazia parte do porto de Londres, localizado a beira do rio Tâmisa, um dos maiores portos do mundo, atualmente é uma área desenvolvida para comércio e residência.

Daqui:
Brasileiros em Londres

Tower Bridge

Big Ben à direita

Palácio de Buckingham

Castelo de Windsor

Millenium Bridge

Trafalgar Square

Imagens daqui.




3 comentários:

✿ chica disse...

Imagens maravilhosas, meu filho mora perto daí! É lindo mesmo!!beijos,chica

Anne Lieri disse...

Que linda sua postagem,Soninha!Há muito a ver em Londress!bjs,

Lilá(s) disse...

Este ano já estive lá, em Maio mas, adorei esta viagem guiada em tão boa companhia...
Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Clique e...

Conheça o agregador dos meus links:

Conheça o agregador dos meus links:
Clique na imagem acima.