quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Nova Iorque em diversos ângulos

Do amanhecer à noite, dos parques ao trânsito, das aulas de ioga ao ar livre ao artista do metrô. A energia de Nova York captada pelas lentes de um fotógrafo estão em um vídeo publicado no site Vimeo. Cameron Michael, 25 anos, registrou a cidade de diversos ângulos em um time-lapse de cerca de 4 minutos que está fazendo sucesso na web.






quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Montanhas cobertas de neve no Alasca

Um convite irrecusável para quem considera o inverno a estação mais interessante do ano: observar as transformações que os meses gelados provocam na paisagem natural de uma cidade do Alasca. Montanhas cobertas de neve, o céu estrelado e coloridos pela aurora boreal, o sol aparecendo com timidez, a água se transformando em gelo. Fotografias de tirar o fôlego compõem o vídeo feito por Zan Butler e publicado no site Vimeo.










quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Vamos à França bem rapidinho?

Não foi nessas férias que você fez aquela viagem dos sonhos a França? Tão encantador quanto pode ser um passeio virtual, este vídeo feito em timelapse com fotografias dos pontos turísticos de Paris ao longo de um dia. No final, um show de artifício na Torre Eiffel. A produção ganhou destaque no site Vimeo e popularidade depois de aparecer em sites de notícias ao redor do mundo.





sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Prepare as malas: Walt Disney World Resort nos espera!




Walt Disney World Resort é o maior e mais visitado resort em todo o mundo, contendo quatro parques temáticos, dois parques aquáticos, vinte e três hotéis temáticos; e inúmeras lojas, restaurantes e locais de entretenimento e lazer. Operado e controlado pela Walt Disney Parks and Resorts, segmento da Walt Disney Company, está localizado dentro da Região Metropolitana de Orlando, Flórida, Estados Unidos, mais especificamente nas cidades de Lake Buena Vista e Lake Bay. O nome do empreendimento é muitas vezes abreviado para "Walt Disney World", "Disney World" ou "WDW", e é muitas vezes referido pela população local como simplesmente "Disney".

Idealizado por Walter Elias Disney e inaugurado em 1 de outubro de 1971 com o parque temático Magic Kingdom, o Walt Disney World Resort foi ampliado com a inauguração do Epcot (em 1 de outubro de 1982), Hollywood Studios (em 1 de maio de 1989) e Animal Kingdom (em 22 de abril de 1998).

Parques:


Castelo da cinderela no coração do Magic Kingdom

Magic Kingdom é o primeiro dos quatro parques da Walt Disney World, inaugurado em 1971, é o mais lúdico de todos e também o que tem mais atrações. Na verdade a maioria das pessoas acha que o Magic Kingdom (Reino Mágico) é a Walt Disney World, mas não, é somente o coração e a alma do império Disney. A marca registrada do parque é o Castelo da Cinderela, por onde passa diariamente, no horário de fechamento do parque, a Electral Parade, uma parada com carros alegóricos cobertos de lâmpadas miniatura, fadas, sereias e todos os personagens Disney. No final acontece o espetáculo noturno "Wishes", o show teve seu início em 2005 como parte da comemoração "The Happiest Celebration on Earth" e teve prosseguimento em 2006 com a nova comemoração "The Year of a Million Dreams". Este espetáculo musical deslumbrante que conta uma história, é maior e mais brilhante que qualquer outro show pirotécnico já apresentado no Magic Kingdom! "Wishes" é o mais novo espetáculo noturno do Magic Kingdom substituindo "Fantasy in the Sky" que estreou em 1976. Durante o dia, sempre às 15 horas, a "Disney Dreams Come True Parade", um desfile de 30 minutos de duração, parte da Frontierland e vai até a Main Street' (Rua Principal) - o percurso é exatamente inverso ao da parada noturna, o Electral Parede-, com seu séquito de personagens Disney, balões, bailarinos, cantores, entre outros.


Entrada do Animal Kingdom

Animal Kingdom Inaugurado em abril de 1998, o Animal Kingdom (Reino Animal) é portanto o mais novo parque da Walt Disney World, com uma área cinco vezes maior que o primeiro parque, o Magic Kingdom. Animal Kingdom em português é Reino Animal e o intuito é celebrar a história de todos os animais: reais, imaginários e extintos. São sete áreas diferentes dentro do parque, que consegue criar um clima bastante natural e ao mesmo tempo apresentar atrações da mais alta tecnologia, como Dinosaur!, uma aventura no mundo dos dinossauros que é feita em tecnologia de Audio-Animatronics. Ao mesmo tempo que o parque apresenta atrações para diversão existe uma preocupação real com os animais, que pode ser vista principalmente na área Conservation Station, onde é mostrado como são criados os diversos animais do Animal Kingdom. A idéia de construir o Animal Kingdom surgiu numa reunião entre Michael Eisner, presidente da Disney e seu grupo de criadores, denominado Imagineers, em 1989. O parque foi construído em três anos e a maioria dos animais foram trazidos da África. Diariamente é apresentada a parada dos animais, das 11h e às 14h, uma celebração à alegria e à imaginação que as pessoas encontram nos animais. Por todo parque é possível encontrar animais raros, acompanhados por seus tratadores que estão à disposição para responder à perguntas. O mais interessante sobre a Tree Of Life (Árvore da Vida) é de que nela, estão esculpidos rostos de diversos animais. Dá para passear entre suas raízes e assistir um maravilhoso filme em 3D abaixo de suas raízes. O personagem principal do filme é Flik do filme A Bug's Life (no Brasil Vida de Inseto), aonde ele apresenta un Talent Show(Show de Talentos).


Chapéu do mago: símbolo do Disney-Hollywood Studios

O parque Disney-Hollywood Studios é a colaboração da supremacia Disney em parques temáticos com a história cinematográfica dos estúdios Walt Disney. Fundado em 1989, no início fora acusado de estar copiando a idéia dos parques da Universal, porém antes sequer do anúncio dos planos da Universal na Flórida, a WDI (Walt Disney Imagineering - Os Imagineers) já estavam trabalhando em cima do projeto. O parque Disney-Hollywood é diversão garantida para crianças, jovens e adultos que se interessam por cinema, sem contar que o Disney Studios é um dos parques mais famosos do Walt Disney World Resort. A idéia é celebrar os anos dourados de Hollywood, das décadas de 1930 e 1940 e também mostrar bastidores de produções que já foram feitas pelo estúdio, além das que estão em processo de desenvolvimento. De todos os parques da Disney este é o que mais tem crescido nos últimos anos, com constante acréscimo de novas atrações. O Disney-Hollywood pode ser tranquilamente ser visto num só dia. Em épocas de verão, fim de ano e feriados é feito um show de fogos de artifício diariamente, na hora de fechamento do parque. O show de fogos tem como trilha sonora temas de filmes clássicos. Diariamente a parada de Mullan, um dos filmes dos estúdios Disney, passa por todo o parque com muita música e os personagens da história da chinesinha corajosa. Outro show que merece destaque é o "Fantasmic", trazido e adaptado da Disneyland em 1998. O show, que acontece em um anfiteatro, mostra diariamente um sonho da imaginação do Mickey Mouse, que tem seu sonho transformado em pesadelo pelos vilões. O ponto alto do show é quando o Mickey luta contra a Malévola em forma de dragão. Outra atração que chama a atenção é a The Twilight Zone: Tower of Terror, aonde você presencia a história de uma família que se hospedou no hotel e acabou se transportando para outra dimensão. Na mesma atração você conta com uma super vista de todo o parque, além de uma queda de 13 andares. Em 2005, foi instalado um sistema operacional novo que cria inúmeras possibilidades de queda, fazendo quase impossível a possibilidade de um visitante ter uma queda duas vezes no mesmo ponto da atração.


Spaceship Earth: símbolo do Epcot

Epcot é a sigla de Experimental Prototype Community of Tomorrow (Protótipo de Comunidade Experimental do Amanhã) e na verdade era a ideia inicial de Walt Disney para a Walt Disney World, em 1966. Nessa comunidade de sonhos de Disney, nações coexistem em perfeita harmonia e paz sobrevivendo do milagroso progresso do desenvolvimento tecnológico e o Epcot nunca estaria ultrapassado, pois sempre anda sendo atualizado. A comunidade em si nunca existiu, apesar da empreitada recente da Walt Disney Co. de criar uma cidade fechada, a cidade de Celebration. O Epcot é um parque com uma preocupação com a educação e, apesar do paradoxo, é um parque muito bem sucedido. O Epcot é dividido em duas partes, Future World, uma parte com atrações bem "high-tech" e World Showcase, outra parte que tem a ver com as nações do mundo, separadas por uma grande lagoa, a World Showcase Lagoon, onde toda noite acontece o show IllumiNations: Reflections of Earth (IlumiNações: Reflexos da Terra), de som, luzes e fogos de artifício.

O espetáculo pirotécnico IllumiNations: Reflections of Earth, no Epcot.

Bons restaurantes e atrações interessantes fazem deste o parque preferido dos adultos. Nos últimos anos o parque recebeu diversas novas atrações. Uma delas é inspirada no filme da Disney-Pixar, "Procurando Nemo" que se chama "The Seas with Nemo and Friends" em que pessoas entram em "mariscomóveis" e viajam para baixo do mar e vêem Nemo e seus amigos em projeções super realísticas, além de outras surpresas, como um dos maiores aquários de água doce do mundo. Outra atrações que merecem destaque: "Soarin", um simulador de vôo de asa delta que você sente a brisa, os cheiros e a imagem parece que você está voando sob o estado da Califórnia. "Mission: Space" que parece que você é um astronauta e você pode escolher em fazer um passeio "light" ou radical. A última atração fora desenvolvida em parceria da HP e com a Nasa, para poder gerar um simulador tão forte quanto uma saída da atmosfera sentida pelos astronautas.


Blizzard Beach

Trata-se de um parque aquático integrado ao complexo Disney em 1995 e que representa uma estação de esqui na neve, com inúmeros tobogãs, piscina de ondas e muitas outras atrações. A água em todos os parques aquáticos da Disney possui a temperatura controlada durante todo o ano, estando sempre em um temperatura agradável em qualquer época. Uma das atrações mais pitorescas do parque é o Summit Plummet, grande escorregador em estilo tobogã de velocidade, o atual mais alto do mundo. Descidas em botes para seis pessoas e outras peripécias aquáticas fazem parte do cardápio do Blizzard Beach. Um dos setores do parque, o Melt Away Bay, é uma praia em si, com areia e ondas artificiais.

Typhoon Lagoon

Typhoon Lagoon (Lagoa do Tufão) é um maravilhoso parque aquático do Walt Disney World Resort, inspirado nas praias do Hawai. Foi inaugurado em 1989 que representa um pequeno vilarejo que foi vitimado por uma enorme tempestade que reduziu-o a ruínas. Na parte central do parque está localizado o Monte Mayday no qual está encalhado o Miss Tilly um antigo barco pesqueiro. Este parque aquático é considerado um dos maiores do mundo. As filas das atrações são consideradas em sua maioria moderadas. Umas das atrações de maior visitação e conseqüentemente de fila é o Shark Reef, que consiste de um passeio com tubarões e outros animais marinhos. O parque já foi palco do show gravado em dvd de Hannah Montana.

Downtown Disney

Downtown Disney tem a energia da vida noturna das melhores cidades do mundo. Com o objetivo de ser um centro de entretenimento com direito a centro de compras, lazer, recreação e alimentação, Downtown Disney inspirou o Universal CityWalk. Todo dia é reveillon em Downtown Disney, com respectiva queima de fogos à meia-noite. Uma infinidade de restaurantes e lojas, além de clubes de música e boates, fazem de Downtown Disney a melhor parada noturna (e diurna) em Orlando, seja para fazer compras, comer, dançar, ouvir música ou ir ao cinema. A área divide-se em três diferentes setores: Marketplace, Pleasure Island e West Side onde está a mais nova atração Disney, o DisneyQuest, um complexo de cinco andares, repleto de brinquedos eletrônicos e realidade virtual. Há também na Downtown Disney uma filial do Cirque du Soleil: La Nouba, também em West Side.O espetáculo La Nouba já recebeu desde sua inauguração mais de 10 milhões de espectadores.

Mais de 30 mil fotografias registradas ao longo de um ano em pontos diferentes do parque da Disney na Califórnia compõem um vídeo que é uma viagem pelas atrações. Passeios de barco, fim de tarde, a vida noturna do lugar e os show de cores e luzes do lugar dão uma ideia de como é passar um dia por lá.




Para mais informações antes da viagem, visite o SITE OFICIAL: http://disneyparks.disney.go.com/



sábado, 4 de agosto de 2012

Vamos a Londres?



"Londres é uma das cidades mais efervescentes do planeta. A capital britânica oferece de tudo para o turista, e cabe ao visitante se desdobrar em dois, três ou quatro para aproveitar o máximo possível da cidade antes de dar tchau aos ônibus de dois andares, ao Big Ben e aos Guardas da Rainha. Por isso, um mapa das atrações da cidade pode ser bastante útil. Vá se familiarizando com os monumentos, museus e passeios da Terra da Rainha:"

Mapas dos pontos turísticos de Londres:


Trecho acima e mapa daqui.

Pontos Turísticos em Londres West End

O West End de Londres faz parte do distrito de Westminster e ocupa em torno de 8 quilômetros, com vários restaurantes, boates, cinemas e teatros. Uma área super popular e famosa no coração de Londres com várias atrações turísticas. Aqui estão os lugares mais conhecidos no West End de Londres:

Big Ben: O Relógio Big Ben: Construído entre 1840 e 1860, Big Ben é o nome do sino que fica pendurado na torre do relógio do parlamento britânico à beira do rio Tâmisa. Sendo uma das marcas registradas mais proeminentes de Londres e um dos principais pontos turísticos da cidade com uma arquitetura barroca intensa em detalhes. O Big Ben fica localizado no centro de Londres em Westminster, sendo parte do Palácio de Westminster. Estação de Metrô: Westminster.

Palácio de Westminster: O Palácio de Westminster (House of Parlament) está localizado à beira do Rio Tâmisa no distrito de Westminster. Antigamente o palácio costumava ser a residência da Família Real Britânica, hoje em dia é a sede do Parlamento Britânico. Estação de Metrô: Westminster.

London Eye: É uma roda gigante imensa que fica bem perto do Palácio de Westminster, a beira do rio Tâmisa, próximo ao Big Ben, com uma vista fantástica de Londres. Um passeio ideal para ver a vista do Centro de Londres em um dia ensolarado. Estação de Metrô: Waterloo.

Admiralty Arch: Uma arcada magnificente localizada no final da alameda The Mall, que segue até ao palácio de Buckingham. Estação de Metrô: Charing Cross, Embankment.

Mosteiro de Westminster Abbey: Catedral gótica muito bonita do século 11, onde é feita a coroação real. Uma bela igreja de estilo gótico, também situada em Westminster. Cheia de história a respeito da família real britânica. Local preferido para casamentos reais, incluindo William e Kate. Várias pessoas famosas, incluindo cientistas, generais e doutores foram sepultados na igreja de Westminster. Estação de Metrô: Westminster.

Catedral de Westminster: Principal igreja católica da Inglaterra, se localiza no distrito de Westminster em Londres. Possui uma torre de 64 metros de altura com uma vista privilegiada de Londres. Estação de Metrô: Victoria.

Museu Imperial de Guerra: Contém coleção sobre as guerras ocorridas no século vinte e vinte um envolvendo a Grã-Betanha, incluindo a primeira e a segunda guerra mundial. Estação de Metrô: Waterloo Station

St James Park / St James Palace parque e palácio mais antigo de Londres, construído pelo rei Henry VIII, fica perto do palácio de Buckingham e Green park. Um parque real muito bonito, com um pequeno lago no centro, muito pitoresco. Estação de Metrô: St James Park.

Palácio de Buckingham: Residência oficial da monarquia britânica desde 1837 com 775 quartos, está aberto ao público de julho à setembro. Em exibição estão os tesouros reais, tal quais, pinturas de Rembrandt, esculturas de Canova, porcelanas de Sevres e um dos móveis mais finos do mundo. A Troca da Guarda é uma das atrações mais famosa de Londres – um ritual onde os soldados que protegem a rainha trocam de turno – começa diariamente às 11.30 da manhã de segunda à sábado e 10 da manhã aos domingos entre abril e julho (dias alternados entre agosto e março). Estação de Metrô: Victoria.

Green Park: Situado próximo ao palácio de Buckingham Palace, um local ideal para um piquenique e descanso durante seu passeio em Londres. Estação de Metrô: Green Park

Harrods: A maior loja de departamento da Europa. Situada em Knightsbridge um dos distritos mais sofisticados de Londres. Harrods é uma loja riquíssima com produtos de alta qualidade. Estação de Metrô:Knightsbridge.

Harvey Nichols: Loja de departamento de luxo no distrito de Knightsbridge, oferecendo produtos de marcas famosas e respeitadas. Estação de Metrô:Knightsbridge.

Museu de Natural History: Um dos maiores museus de Londres com exibições de esqueletos de dinossauros e também espécimes coletados por Darwin. Estação de Metrô: South Kensington

Hyde Park: O maior e mais famoso parque no centro de Londres. Cheio de atrações turísticas, incluindo passeio de barco e o memorial da Princesa Diana. Inclui também Kensington Gardens (Jardim de Kensington). Aberto ao público em 1635 pelo rei Charles I, o Hyde Park é uma área verde ampla no centro de Londres onde as pessoas descansam, andam, correm e tomam banho de sol no verão. Um parque ideal para relaxar e fazer piquenique. Estação de Metrô: Hyde Park

Piccadilly: Uma das esquinas mais famosas de Londres, com outdoors de neon e a estátua de Eros. A praça de Piccadilly Circus conecta a rua Regent street com a rua de Piccadilly, uma das ruas de Londres onde se encontram vários shoppings e o Ritz Hotel. É uma rua famosa pelas lojas de boutique, fica entre o Hyde Park e o Piccadilly Circus. É a principal rua de compras em Londres, incluindo Fortnum & Mason, the Burlington Arcade. Estação de Metrô: Piccadilly Circus.

Regent Street: Rua famosa pelas lojas de boutique em Londres. Estação de Metrô: Piccadilly Circus.

Hamleys Toy Shop: Uma das maiores lojas de brinquedo do mundo! A loja tem 7 andares e um total de 5.000 m2. Hamleys fica na rua Regent Street, no. 188-196, em Londres e recebe cerca de 5 milhões de visitante todos os anos, sendo uma das atrações turísticas mais conhecida de Londres. Estação de Metrô: Piccadilly Circus, Bond Street.

Bond Street: Rua fina e elegante de Londres conhecida como fashion street, com várias lojas refinadas e de luxo. Estação de Metrô: Bond Street.

Oxford Street: Uma rua central de Londres com vários tipos de lojas, sendo a maior rua para compras em Londres. Oxford Street é famosa pelas lojas de marcas mais conhecidas do mundo, ideal para fazer compras. Estação de Metrô: Oxford Circus.

Marble Arch: Construído em 1828, originalmente como entrada de Buckingham Palace. Fica perto de Hyde parque, no final oeste da rua Oxford Street.

Regent’s Park – Zoológico de Londres: Regent park tem várias atividades turísticas incluindo o zoológico de Londres, passeio de barco, atividades esportivas e também teatro ao ar livre. Estação de Metrô: Regent’s Park & Baker Street.

Museu de Sherlock Holmes: localizado em Baker Street o museu de Sherlock Holmes leva o visitante ao passado com amostra de artefatos antigos em uma casa da época de 1881. Estação de Metrô: Baker Street.

Madame Tussaud’s: Uma das principais atrações turísticas de Londres. Museu de cera com réplicas de esculturas das pessoas mais famosas do mundo. Estação de Metrô: Baker Street.

Camden Lock Market: É um mercado de rua tradicional de Londres, famoso pelos seus artesanatos locais. O mercado de Camden é uma atração turística famosa de Londres, com um estilo rústico e eclético. Estação de Metrô: Camden Town.

Abbey Road: Rua famosa de Londres aonde os Beatles atravessaram a faixa de pedestre perto do estúdio aonde o álbum Abbey Road foi produzido. Estação de Metrô: St John’s Wood.

Aquario de Londres: Um dos maiores aquários da Europa com uma arquitetura moderna e mais de 1.000 criaturas em exposição. Estação de Metrô: Westminster e Waterloo.

Portobello Road Market: Mercado famoso de Londres que vende antiguidades raras, frutas, verduras e roupas, entre outros. Situado na rua de Portobello Road que é também famosa entre artistas brasileiros incluindo Caetano Veloso e Paulo Coelho. Estação de Metrô: Notting Hill Gate.

Shepherd’s Market: Um mercado de rua de Londres situado na área atraente e luxuosa do distrito de Mayfair. Estação de Metrô: Green Park.

Museu Britânico: O museu britânico (British Museum) abre todos os dias da semana com admissão gratuita. O museu contém uma grande coleção sobre a história e cultura da humanidade. Estação de Metrô: Holborn.

Museu de Londres: Contem artefatos, fotos e objetos de arqueologia sobre a história de Londres e sua população. Estação de Metrô: Barbican.

Soho: Área bem badalada com vários restaurantes e boates abertas durante toda a noite. Uma área de diversão bastante notória e atraente no West End de Londres, ideal para uma noite fora agitada, com várias boates, restaurantes e bares. Estação de Metrô: Oxford Circus.

Trafalgar Square: Praça no centro de Londres com um dos espaços abertos mais vibrantes no coração de Londres onde fica a coluna de Nelson e a National Gallery, Galeria Nacional (contendo uma das pinturas mais famosas do mundo). Uma área cultural onde acontecem vários eventos artísticos. Estação de Metrô: Charing Cross.

Covent Garden: Praça atraente de Londres, com mercados de frutas e verduras, shopping, cafés e bares. Uma área pitoresca dominada por várias lojas é também um centro de diversões com artistas atuando na rua, sendo o portal de entrada para a Casa de Ópera Real (Royal Opera House). Estação de Metrô: Covent Garden.

Leicester Square: Praça badalada no West End de Londres. É uma área pedestrializada com um parque na parte central sendo rodeada por restaurantes, bares, cinemas e boates. Uma área bem visitada de Londres tanto de dia como à noite, onde as vezes acontece premieres de filmes com a participação dos artistas de Hollywood. Estação de Metrô: Leicester Square.

Pontos Turísticos no Centro de Londres – London City

A London City é uma região localizada dentro da grande Londres, historicamente é o núcleo de Londres de onde a grande metrópole de Londres se desenvolveu desde a idade média, tendo quase exatamente uma milha quadrada (2.6 km²) em área com um grande centro empresarial incluindo os famosos prédios Bala (the Gherkin) e o Lobo Canário (Canary Wolf).

Também no centro da cidade de Londres encontram-se os seguintes lugares:

Catedral de St Paul’s: Uma Catedral Anglicana na cidade de Londres construída no século 17 em uma das regiões mais antigas de Londres, the City, que foi criada na época romana como ponto de comércio na borda do rio Tâmisa. Um dos pontos turísticos mais reconhecidos de Londres, com uma arquitetura grandiosa e uma vista espetacular de Londres. Estação de Metrô: St Paul’s Station ou Mansion House.

Galeria Tate Modern: Galeria de Arte Moderna em Londres com exibições de arte contemporânea, incluindo exposições de vários artistas famosos. A galeria Tate contém coleções de arte britânica desde 1500 até os dias atuais e também tem uma coleção moderna impressionante de artistas internacionais desde 1900 até hoje. Estação de Metrô: Southwark ou London Bridge

O Teatro de Shakespeare, The Globe: Um teatro rústico baseado na época de Shakespeare à beira do rio Tâmisa, que foi reconstruído com as mesmas características da casa de espetáculo construída em 1599, onde Shakespeare trabalhava e aonde ele escreveu várias peças. As sessões de teatro estão abertas de abril a outubro com produções dos trabalhos de Shakespeare e outros escritores da sua época assim como escritores atuais. A platéia assiste as peças de uma galeria com bancadas ou em pé na arena central, exatamente como se fazia a 400 anos atrás. Estação de Metrô: London Bridge ou Southwark.

A Ponte do Milênio (Millenium Bridge): Uma ponte suspensa para pedestres, construída no ano 2.000 sobre o rio Tâmisa para marcar a passagem do milênio com 325 metros de comprimento feita de aço, conectando a Catedral St. Paul’s em London City com a Galeria Tate Modern e o teatro de Shakespeare em Bankside. O alinhamento da ponte produz uma vista frontal perfeita da Catedral através do rio enquadrada pelo suporte da ponte. Estação de Metrô: London Bridge, Southwark ou Mansion House .

A Torre de Londres: No começo do ano de 1080, William o conquistador começou a construir uma torre imensa de pedra no centro do seu forte em Londres, uma construção como nunca foi vista antes. A torre é uma complexa construção com vários cômodos entre quatro anéis concêntricos de defesa rodeado por água. A principal função da torre é de defesa, sendo também um palácio e prisão real onde a rainha Elisabeth I foi mantida em cativeiro durante a inquisição em 1554. A torre de Londres tem uma história macabra por ter sido usada como prisão e tortura de prisioneiros na Idade Média. Durante a segunda guerra mundial a torre foi usada mais uma vez para reter prisioneiros de guerra. Este castelo foi originalmente usado como residência da família real, mas desde 1100 foi usado como prisão para pessoas acusadas de infidels. Hoje em dia é uma das atrações turísticas mais populares de Londres. Estação de metrô: Tower Hill.

Tower Bridge: Construída em 1894 esta ponte tornou-se um ícone de Londres sendo considerada uma construção engenhosa com uma engenharia avançada para a época. Do alto da ponte à 42 metros de altura há uma vista surpreendente do rio Tâmisa. A Ponte da Torre em Londres é um monumento grandioso e bem famoso de Londres, com uma vista extraordinária da cidade. Estação de metrô: Tower Hill.

London Dungeon: Museu e centro de diversão envolvendo histórias macabras sobre a cidade de Londres. Incluindo cenas medievais da peste bubônica, equipamentos de tortura usado na era medieval, o incêndio de Londres em 1666 e cenas de aprisionamento. Estação de metrô: London Bridge.

Pontos Turísticos de Londres em Greenwich & Dockland

Greenwich: Localizado na marginal sul do rio Tâmisa, faz parte do sudeste de Londres, sendo famoso pelo meridiano de Greenwich que marca o grau de longitude 0°. As atrações turísticas incluem, o Observatório Astronômico Real, o observatório marítimo, o relógio 24 horas, o palácio real de Placentia, O2 Arena (cúpula do milênio), o colégio naval real e o centro de visitantes de Greenwich.

Existem passeios de barco disponíveis através do rio Tâmisa até Greenwich, passando também pelo Big Ben. Greenwich é uma área bonita com uma vista panorâmica da cidade de Londres, onde pode-se também fazer caminhadas ao lado do rio Tâmisa e também pelo parque de Greenwich aonde se encontra uma das casas da rainha com vista para o parque, o palácio real de Placentia (Queen House). Estação de metrô: Greenwich.

The Millennium Dome: Um ginásio em forma de cúpula originalmente construído para celebrar a passagem do milênio com várias exibições na península de Greenwich, atualmente utilizada como um centro de diversões.

Docklands é uma área que fazia parte do porto de Londres, localizado a beira do rio Tâmisa, um dos maiores portos do mundo, atualmente é uma área desenvolvida para comércio e residência.

Daqui:
Brasileiros em Londres

Tower Bridge

Big Ben à direita

Palácio de Buckingham

Castelo de Windsor

Millenium Bridge

Trafalgar Square

Imagens daqui.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Clique e...

Conheça o agregador dos meus links:

Conheça o agregador dos meus links:
Clique na imagem acima.