sábado, 26 de maio de 2012

Como levar seu animal de estimação em viagens ao exterior


Viajar e deixar o animal de estimação com um vizinho ou em um petshop nem sempre é uma opção. Principalmente, para quem vai para outro país e não pode acompanhar de perto o bichinho ou voltar rapidamente no caso de uma emergência. Uma alternativa é levar o melhor amigo na bagagem, mas vale lembrar que o serviço não é para todos os bolsos. A advogada Manoela Amaral, 33 anos, precisou desembolsar só para a passagem até a Holanda US$ 300 por cão, sem falar dos gastos com a documentação e os exames exigidos. Dentro de uma caixa com espaço mínimo para ficar de pé, longe do convívio com conhecidos e num ambiente estranho entre malas e outras cargas. Foi assim que Olívia, uma buldogue inglês de 3 anos, e Thot, um boxer misturado com sharpei de 5 anos, viajaram no fim de 2011, com a dona, Manoela. O trajeto durou 12 horas e eles ficaram lá por 8 meses.

Para cruzar o continente é preciso obedecer diversas etapas, que vão desde atualizar a carteira de vacinação e ter a assinatura do veterinário, implantar microchip no bichinho até a emissão do Certificado Zoosanitário Internacional (CZI) feito pelo Ministério da Agricultura gratuitamente. “O melhor é ter antecedência para planejar tudo e conhecer as regras do país e da companhia aérea”, aconselha o administrador e dono de empresa especializada no envio de animais ao exterior, Luis Fernando Oliveira. No caso de Manoela, a viagem precisou ser adiada justamente por causa da documentação.

- As informações no site do Ministério não são claras e os prazos são confusos - critica.

Apesar dos desencontros, a advogada acredita que levar os cães valeu a pena.

- Melhor que deixá-los com alguém ou em algum hotel sem saber se seriam bem cuidados - avalia.

Outra dica importante é saber se o país exige um tempo mínimo de quarentena. Ou seja, um período anterior à partida de observação do animal, no próprio lar, para ver se ele desenvolve alguma doença. Apesar do nome, a espera é maior que 40 dias. O prazo máximo exigido, geralmente, é de seis meses, como é o caso da Irlanda. Já a Holanda, não exige esse tempo prévio, mas segue praticamente as mesmas regras da União Europeia.

Existe, ainda, a opção de viajar separado do animal, no entanto, o serviço requer mais planejamento.

- Quando o animal vai sem o dono, as restrições e as regras para o cachorro são maiores e se torna mais oneroso para a companhia aérea levar um cão no lugar de algumas bagagens - explica Oliveira.

A companhia aérea também pode determinar o número máximo de animais no compartimento de carga do avião, na maioria dos casos, são permitidos até três. Além disso, a empresa pode ter restrições quanto à raça do cão ou do gato, como é o caso da Gol. Assim como em voos domésticos, os animais de pequeno porte podem viajar na cabine junto com os donos, desde que dentro de caixa apropriada para transporte.

Veja alguns procedimentos necessários:

- Carteira de vacinação atualizada, assinada pelo médico veterinário, com: vacina antirrábica, que é obrigatória para animais com mais de 120 dias e deve ter sido aplicada há mais de 20 dias e há menos de um ano.

- Atestado de sanidade animal fornecido pelo veterinário, que deve conter: raça, nome do animal, origem (no caso de pedigree), estado geral e nome do proprietário. O prazo de validade do atestado é de três dias a partir da data de emissão.

- Certificado Zoosanitário Internacional (CZI) – emitido pelo Ministério da Agricultura, gratuitamente. Demora em torno de 48 horas e tem validade de oito dias, podendo ser estendida. Alguns países também exigem a retirada de passaporte para o animal de estimação, como a Holanda.

- No momento do embarque e desembarque, os documentos exigidos para o trânsito internacional devem ser apresentados juntamente com o animal.

- Se faltar alguma documentação, o animal deve ser devolvido ao país de origem, ficando a responsabilidade inteiramente com a companhia aérea que fez o transporte.

- Quanto ao retorno do animal para o Brasil será necessário que os proprietários consigam um CZI no país em que se encontra para voltar, pois o CZI emitido pelos fiscais sanitários brasileiros não terá mais validade, além de ser obrigatório o visto consular conseguido na Consulado Brasileiro antes que o animal embarque.

Daqui: Portal do Ministério da Agricultura  via FAROFINO PET!



segunda-feira, 21 de maio de 2012

Florianópolis - A Ilha da Magia



Clique nos links abaixo e conheça mais sobre Floripa:
ATRATIVOS NATURAIS
 Dunas Costa da Lagoa Ilha do Campeche
 Lagoa da Conceição Lagoa do Peri Morro da Cruz
COMUNIDADES HISTÓRICAS
 Ribeirão da Ilha Armação Sambaqui
 Pântano do Sul Santo Antônio de Lisboa Barra da Lagoa
ATRATIVOS HISTÓRICOS
 Ponte Hercílio Luz Catedral Metropolitana Palácio Cruz e Souza
 Portal Turístico Teatro Álvaro de Carvalho Museu de Armas
 Mercado Público Casa de Victor Meirelles Figueira Centenária
 AlfândegaMuseu Homem do Sambaqui Calçadão F. Schmidt
FORTALEZAS
 Anhatomirim Araçatuba São Caetano
 Ponta Grossa Santana Santa Bárbara
 Ratones Naufragados
IGREJAS
 Igreja São Francisco Capela do Menino Deus Capela do Divino
 Igreja do Rosário Igreja N. Sra. do Parto Igreja Luterana
 Igreja São Sebastião Igreja Santo Antônio

20 Praias de Santa Catarina que valem a viagem
20 Praias de Santa Catarina que valem a viagem
1- Guarda do Embaú
» Fotos da Guarda do Embaú, em Palhoça
2- Lagoinha do Leste
» Fotos Lagoinha do Leste, em Florianópolis
3- Mariscal» Fotos da Praia de Mariscal, em Bombinhas
4- Rosa
» Fotos da Praia do Rosa, em Imbituba
5- Ilha do Campeche» Fotos da Ilha do Campeche, em Florianópolis
6- Silveira» Fotos da Praia da Silveira, em Garopaba
7- Mole» Fotos da Praia Mole, em Florianópolis
8- Lagoinha» Fotos da Praia da Lagoinha, em Bombinhas
9- Galheta
» Fotos da Praia da Galheta, em Florianópolis
10- Ferrugem
» Fotos da Praia da Ferrugem, em Garopaba
11- Estaleirinho
» Fotos da Praia do Estaleirinho, em Balneário Camboriú
12- Sepultura» Fotos da Praia da Sepultura, em Bombinhas
13- Brava» Fotos da Praia Brava, em Florianópolis
14- Grossa» Fotos da Praia Grossa, em Itapema
15- Campeche» Fotos do Campeche, em Florianópolis
16- Prainha do Farol de Santa Marta
» Foto da Prainha do Farol de Santa Marta, em Laguna
17- Palmas
» Foto de Palmas, em Governador Celso Ramos
18- Ilha de Porto Belo
» Fotos da Ilha de Porto Belo
19- Bombinhas» Fotos da Praia de Bombinhas, em Bombinhas
20- Jurerê
» Fotos da Praia de Jurerê, em Florianópolis
Daqui.

Mais imagens de Floripa e de Santa Catarina:



Mais informações sobre os pontos turísticos de Florianópolis aqui.

Eu sou apaixonada por Santa Catarina inteirinha, mas em especial por Floripa: adooooro! É linda demais!
Convido você a conhecer ou a visitá-la novamente.



quarta-feira, 16 de maio de 2012

Turismo em Porto Alegre, RS!



Mesmo que você não saiba Inglês, dá para ter uma ideia da cidade e dos costumes, não é mesmo?
Se você sabe Inglês (mesmo que só um pouco) e quer visualizar o que é dito no vídeo, clique em "cc" e depois em "transcrever áudio". Fica mais fácil entender se você visualizar o texto, ok?
Venha conhecer a capital do Rio Grande do Sul!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Clique e...

Conheça o agregador dos meus links:

Conheça o agregador dos meus links:
Clique na imagem acima.